segunda-feira, 9 de novembro de 2009

NEW YORK VOICES



NEW YORQUE VOICES
Estacios Valoi
01/03/09
Os NYV vão se associar a outras estrelas como: Al Foster Quartet, Arturo Lledo, Dave Liebman Group, Dianne Reeves, Emily Bruce, Freshlyground, Hugh Masekela celebrating his 70birth day, Incognito, Jonathan Rubain, Kyle Eastwood, Loading Zone, Maceo Parker, Maurice Gawronsky, New York Voices, Peter White, Ringo Madlingozi, Rus Nerwich’s collective imagination, The Stylistics and Zap Mama.
Dave Liebaman, New yorque Voices, Jonathan Rubain,Stewart Sukuma, Napalma, 340mil, Mc Coy Mrubata and Special Friends , Gold Fish, Carlo Mombelim and Prisoner of Strange, Cape Town Jazz Orquestra, Abeligali Kubela, Incognito-Uk, Jonathan Bather and Dave Koz Collaboration, Kyle Shepherd, Mike Del Ferro and Sibongile Khumalo, Sahanon Monday, Dr Philip, Robert Glasper and The RCDC experiment,Ndumiso Nyovane, Shakatak-UK, South Spaw, Mosh Def,Siphokazi, The Stylistic, Zap Mam, all invited to be bouncing on the five stages during two days and two nights. My journey is the other, toiling and froing to find the other, and today the other is Emily Bruce.

Mas Quem são os New Yorque Voices e a sua filosofia de vida?
NYV é o Kim Nazarian, Laurent Kinhan, Darmon Meader e Peterr Eldridge. Estamos juntos a cerca de 21 anos circulando a nível mundial apresentando a nossa musica aos fans do Jazz em vários países. A filosofia da nossa música apresenta músicas interessantes em quatro partes de estilos vocais, profundamente influenciados pelo vocabulário e harmonia do Jazz. Contudo o nosso reportoiro e não se baseia apenas no Jazz Standard. Somos influenciados por outros tipos de música incluindo pop, a brasileira e a clássica.
A quantas noites e dias vocês vem produzindo a vossa musica com todos os ingredientes?
New York Voices começou em 1988, com as raízes do grupo balançando para a universidade nos anos 80, o nosso primeiro CD foi lançado em Junho de 89. Então tocamos juntos a já algum tempo
Quando é que a primeira chama aparece e faz vos engrenar na arena musical?
Cada um de nos poderia responder de forma diferente. No meu caso, penso que sempre quis ser músico desde dos 10anos de idade. Adorava tocar e cantar e fui a universidade como instrumentista clássico. O meu interesse em desenvolver o jazz explodiu na universidade onde fui apresentado a outras pedras do Jazz na mesma época. Nunca pensei que a minha carreira fosse vincar como vocalista Jazz, mas nunca podes prever estas coisas, podes tu? Os outros três membros da banda estão carregados de estorias similares em resultado de tantas experiências musicais na sua adolescência, o que os ajudou a seguirem a sua carreira nos NYV.
Neste percurso, o que vos inspira?
O grupo tem sido inspirado e influenciado por muitos artistas como Lambert Hendricks e Ross Manhattan Transfer, Singers Unlinited, Stivie Wonder,Nancy Wilson, Duke Ellington, Count Bassie, Jonh Coltrain, Antonio Carlos Jobim, Ivan Lins, e Paul Simon. Em fim, a lista é muita longa e vários estilos
Também somos inspirados pelos nossos parceiros na world music, assim como pelos estudantes novos com quem temos trabalhado.
A quantas andam em termos de álbuns a as faixas favoritas?
Os nossos CDs todos são : “New York Voices” (1989), “Hearts of Fire” (1991), “What’s Inside” (1993), “New York Voices Sings the Songs of Paul Simon (1997), “Sing! Sing! Sing! (2001), e “A Day Like This” (2007). Também já fomos convidados a participar na gravação de outros e muitos CDs
Realmente não posso começar a seleccionar a faixa ou faixas favoritas. Todos teríamos que responder de acordo com as nossas diferenças e honestamente não tenho nenhuma favorita. Acho que o meu CD favorito é o nosso mais recente, ´A Day Like This´ este apresenta o grupo numa forma balanceada das partes do Jazz standard misturado com composições originais e outros estilos diferentes similar a forma como apresentamos os nossos concertos ao vivo.
Os membros do NYV também fizeram vários trabalhos a solo.
Quem são os membros do agrupamento que estarão no festival e porque a sua escolha?
No nosso trio ao longo dos anos tivemos vários e bons músicos e esta viagem não é nenhuma excepção. O nosso trio para o Cape Town são Mark Soskin no piano, Paulo Nowinski no baixo e Marcello Pelleitteri na bateria. Todos os três uma e outra vez vêm tocando com os NYV ao longo dos anos. Mais ainda para ser um verdadeiro solista, todos entendem o conceito no acompanhamento do nosso grupo. Isto requer um touco profundamente sensível assim como entender os vários estilos de musica
O que a audiência pode esperar do vosso grupo na noite da vossa actuação?
Como disse anteriormente, nos vamos apresentar um leque variado de músicas e estilos o que será sincronizado pelas linhas das quatro partes da nossa harmonia. Todos os quatro músicos terão o seu momento a solo mistura com as nossas linhas de trabalho. Também vais ouvir Peter e eu tocar algum piano e o saxofone respectivamente.
O que te vem a cabeça quanto rebolas pelo palco?
Bem. Esperançado, nós estamos´ no momento e concentrado em todas as subtilezas da música. Nós ouvimos a banda e as outras três vozes. Ouvimos a intensidade do balancé rítmico e a entoação. Assim como tentamos sentir a energia da audiência e usa lá como outra fonte de inspiração.
O que mais vos atormenta neste mundo?
Mais uma vez, você poderia obter quatro respostas diferentes. Mas pessoalmente, temo a ignorância e a intolerância. Neste contexto a maior parte dos problemas no mundo são causados pela reacção das pessoas perante o medo e a ignorancia, em vez de aprenderem e saberem o que se passa no mundo e tentar perceber o grande plano o mundo.
Qual será o vosso próximo projecto e o ultimo álbum
Não estamos cientes quanto ao nosso próximo projecto de gravação. A indústria mudou bastante e estamos preocupados se o CD continua sendo um modo viável a utilizar. Talvez comecemos a gravar poucas musicas a cada momento o que podemos tornar disponível na Internet para os downloads a semelhança do ´Itunes´. Também temos um agravado ao vivo com a WDR da Alemanha e esperamos lança lo um dia mas questão logística continua sendo trabalhada. E mais uma vez o nosso mais recente álbum é o ´´A Day Like This´lancado em 2007
O que é para vocês estarem desse lado do continente e poderem participar no festival e esta a vossa primeira vez?

Esta e a nossa primeira vez a embarcarem no Cape Town Internacional Jazz Festival. De facto a nossa primeira vez em Africa! Infelizmente não teremos muito tempo par explorar a Africa DO Sul, mas alguns de nos vão permanecer por lá mais alguns dias pelo menos para vermos um pouco mais Cape Town. Sentimo— nos honrados pela oportunidade de partilhar a nossa música com um ciclo completamente novo de fans. Esperamos que nao seja a nossa última viagem a Africa doSul
Como e que vês a questão da crise financeira e o HIV/SIDA em África?
Tenho que admitir, não sabe quase nada da implicação financeira para Africa mas assume que a grande maquinaria financeira do mundo ocidental esta a balançar e certamente que a Africa vai sentir os efeitos disto. Infelizmente devido a esta crise financeira muitas das outras questões como saúde (crise do HIV) aquecimento global sobre a população e os direitos humanos poderão não ter a devida atenção. Isto, infelizmente.
Sobre o papa que aborda a questão do combate da HIV/sida acente na abstenção e não o uso do preservativo?
Não vou responder esta pergunta directamente por ser complicada e não estou preparado para entrar numa discussão´caliente´ a cerca da religião. Contudo, acho que devemos olhar para todas as formas disponíveis para ajudar nos a reduzir o alastramento da pandemia que vai a rastilho em todas as sociedades. Assim como a capacidade do planeta suster a nossa crescente população que esta a alcançar uma crise. Então e o conceito for a de uso ´vão adiante e multiplicais vos´ apoiado por muitas igrejas e culturas talvez precise ser reexaminado caso queiramos alcançar um balance para o nosso planeta
Ok. Chega de politiquices. Voltando musica e a. Nossa viagem. Deixe finalizar dizendo que os NYV esta ansioso por fazer esta viagem. NYV já andaram quase por todo o mundo, mas como disse anteriormente, esta é a nossa primeira viagem a Africa do sul e esperamos levar as várias visões, sons, gostos, conversas e experiencias

Sem comentários:

Enviar um comentário