quarta-feira, 4 de maio de 2011

Zalala Beach Lodge and Safaris Cartão-de-visita


Zalala Beach Lodge and Safaris Cartão-de-visita da província da Zambézia.
Texto e foto: Estacios Valoi
03/05/11
Disse o governador da Província Itai Meque, aquando da sua visita efectuada a aquela estância turística no âmbito da sua governação aberta pela província, a segunda mais populosa do Pais.
Zalala Beach Lodge and Safaris fica localizado a 60 Quilómetros da Cidade de Quelimane numa extensão de 25 hectares de costa marítima pretende abrir as suas portas no entre Junho e Julho próximo num investimento misto com dois sócios sendo um britânico e outro moçambicano
Com um investimento de cerca de 3.000.000 dólares americanos, o complexo turístico esta sendo construído em três fases, estando concluída a primeira fase que inclui dez casas do tipo bungalow, uma piscina, um restaurante, uma sala de jogos, um sistema de abastecimento de água, uma estufa para além da criação de animais de pequeno porte como galinhas, perus, ovelhas, cabritos entre outros. A segunda fase, que dependera da reacção do mercado, inclui a construção de mais dez casas do tipo dois, uma sala de conferências, enquanto a terceira contara com a construção de 10 casas do tipo três, para além da construção de uma pista para aeronaves ligeiras, jogos aquáticos, pesca fluvial e marinha, e surfing.
A ZBLS contempla a organização de excursões turísticas a vários locais turísticos da província e não só como o são a reserva do Gile, as águas quentes de Nhafuba, Muzo e Pinda, turismo de mangal, Parque Nacional de Gorongosa, Lago Niassa entre outros.
Neste momento com cerca de 85% das obras concluídas, a viagem pela costa a partir da praia de Zalala até Supinho, o epicentro, abarca uma extensão de 15 quilómetros de praia ate ao ponto de convergência entre oceano indico e o rio Namacurra, um horizonte único vislumbra no infinito que nos deixa contemplar uma paisagem estonteante, quer de dia ou noite, ao encontro das areias e aguas de entre Quelimane e o distrito de Macuse.
Pela primeira, desde da sua tomada de posse como governador da Zambézia, Meque visitou a maior estância turística na província que dirige e o bonito fez parte do périplo tendo apelado pelo maior investimento no ramo.
‘’Trata-se de um investimento que envolve britânicos e gregos e a parte moçambicana que neste caso é representada pelo Sr. Araújo, com um investimento de mais de três milhões de dólares. ‘É a primeira vez que chegamos aqui para ver e, a nossa grande impressão é que há um trabalho muito bonito que esta a ser feito. Acho que o Zalala Beach Lodge promete para o melhor e é isso que nós queremos, afirmou Itai Meque a jornalistas que se fizeram ao local para testemunhar o evento.
De facto o projecto é muito grande, encorajamos que continuem a trabalhar para permitir que tenham mais camas nos tempos de pico e que apareçam mais investidores. Zalala é conhecido como o sítio mais bonito em termos de turismo, sobretudo por causa da bela praia que tenho aqui, e a nível internacional via internet. Então encorajamos o investimento com coisas muito claras. Zalala Beach Lodge é o cartão de visita para a Província da Zambézia”.
A ZBLS tem um outro investimento nas águas quentes de Nhafuba que dista a cerca de 90 quilómetros da Cidade de Quelimane e 58,5 quilómetros da vila de Nicoadala. As vias de acesso continuam sendo uma problemática por solucionar.
Estrada Zalala Supinho será reabilitada em breve
No comício realizado em Supinho, Itai Meque prometeu a população que a estrada que liga Quelimane a Zalala será reabilitada e que os problemas de vias de acesso tem dias contados.
‘ Já existe um investimento e o concurso para a reabilitação da estrada foi lançado. Ontem esta estrada que vem a Zalala Beach Lodge and Safaris não estava assim. Uma das tarefas que os investidores têm ‘e melhorar as vias de acesso e outros serviços sociais que possam beneficiar as comunidades. Veja só que acabamos de inaugurar uma unidade sanitária com maternidade que foi criada pelo Instituto de Desenvolvimento de Pesca de Pequena Escala (IDPP).
‘Nesta entrada ninguém entrava, mas hoje sim. Estavam a dizer me que os investidores gastaram cerca de 2 milhões de meticais que é para preparar a estrada para vir para aqui. Também não pode ter um investimento como este e não preparar a estrada’ Itai Meque
Papel do governo
O governo permite que os investidores venham para aqui, cria todas as condições favoráveis para o desenvolvimento do negócio. O governo deu espaço, criou condições, facilitou, e temos aqui uma infra-estrutura. Os empresários são parceiros fortes do governo. Este pais é nosso e precisamos de pessoas como estas que trazem investidores, são moçambicanos que estão lá dentro e não a ser moçambicano como empregado, mas também com capacidade de ser sócio de um empreendimento como este com Araújo. Este pais é nosso. Disse a dado momento Meque.

Sem comentários:

Enviar um comentário