quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Graça Machel versa sobre malnutrição na Namíbia

Estacios Valoi 21/11/12 (Namíbia Windoek) Enquanto o mundo celebra o 23 aniversário da convenção dos direitos da criança, a advocacia dos direitos humanos a criança, Graça Machel é a convidada pelo governo local e a UNICEF para fazer parte e um encontro sob o lema Escalar a nutrição que esta a decorrer na capital namibiana Windoek deste ultima terça-feira sobre a problemática da malnutrição neste país. Graça Machel que vai permanecer neste pais até o dia 22 este mês, segundo sua agenda para além de mater encontros com parlamentares namibianos, próprio primeiro-ministro vai visitar o hospital no maior bairro da Namíbia Katutura com cerca de 110 mil habitantes onde vai interagir com crianças e adolescentes, dialogar com as mulheres da organização Caucus. A Namíbia que enfrenta problemas de malnutrição crónica precisa de investimentos para continuar a reduzir a situação crónica de malnutrição, pobreza, desigualdade social que enferma o pais que a esteira de um dos estudos feitos pelo departamento do tesouro local apesar a redução do índice de crianças vivendo na pobreza terem sido de 43% entre 2003/4 em 2010/11 foi 34%. O mesmo também ilustra que a pobreza esta concentrada em zonas rurais, entre certos grupos linguísticos, famílias alargadas e famílias com crianças. No encontro antecedido a chegada de Machel, o Primeiro-ministro da Namíbia Nahas Angula falando a nossa reportagem em Windoek disse que o seu pai regista um elevado índice de mortalidade infantil. “Sobre o desenvolvimento do Millenium. Sei que não vamos alcançar o objectivo cinco que é sobre saúde materno, mortalidade infantil. Na Namíbia temos um índice elevado de mortalidade infantil, e, constatamos que parte disto é derivado do ao alto nível de malnutrição, especialmente em crianças abaixo dos cinco anos de idade. Por esta razão estou a coordenar um grupo multissectorial, incluindo o governo, sector privado, Agencias das Nações Unidas chamado Aliança Namibiana para Melhorar a Nutrição (NAFIM) e, a Senhora Graça Machel tem um grande interesse na nutrição das crianças africanas. Como parte do nosso esforço para alertar e difundir as nossas mensagens nutricionais, nós o governo da Namíbia e a UNICEF convidamos a senhora Machel para nos ajudar a criar mecanismos próprios de alerta sobre os desafios da malnutrição, especialmente entre as nossas crianças. Somos parte de um movimento global chamado “Melhora a nutricao (Scale up nutriction). A senhora Machel vem cá contribuir ajudar a encontrar formas em com melhor enfrentar esta problemática, mensagens a serem difundidas e esta quarta feira estará no parlamento para versar sobre esta temática nutricional em África. Esta é a ideia e estamos muito agradecidos. Disse Angula Estima se que actualmente o impacto da malnutrição na Namíbia esta na casa dos 30% entre crianças abaixo dos 5 anos de idade, 95% de mulheres grávidas tem acesso a cuidados pré natal e mais de 80 receberam cuidados profissionalizados, como parte dos objectivos do Millenium espera eliminar em próximos anos a transmissão vertical do HIV da mãe para filho: as taxas do envolvimento escolar estão acima de 95%, acesso a agua, e, esse a introdução da facilidade de registo e nascimento e acesso a saúde registadas aumentaram de 30 para 60% entre 2008/11. No comunicado enviado a nossa reportagem Angula diz que a visita de Graça Machel, desde a independência deste país, “efectua se numa fase própria em termos de progressos alcançados pela Namíbia nos sectores da Educação, Saúde, acesso a agua potável e protecção”. Contudo para se nas percentagens. Por sua vez Graça Machel sente se honrada por poder contribuir com os seus conhecimentos para a erradicação da malnutrição Graça Machel presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC) “Sinto me honrada em estar aqui para apreender sobre os progressos alcançados sobre os direitos da criança relativamente a Saúde, nutrição, educação e protecção. Deveras disposta a contribuir com os meus conhecimentos para ajudara a acelerar o esforça da Namíbia especialmente na melhoria do bem-estar a criança através da promoção da boa nutrição. Namíbia registou consideráveis progressos n crescimento economia e em outras áreas sociais mas continua a haver disparidade entre as altas taxas de malnutrição crónica entre crianças abaixo dos cinco anos”. O governo namibiano esta comprometido a acelerar os seus esforços e mobilizar mais recursos para assegurar que alcancemos os objectivos d Millenium ate 2015 fazer com que a malnutrição seja erradicada na Namíbia. Também sabemos que não podemos fazer isto sozinho. Por isso o convite da Senhor a Machel. Enfatizou Angula

Sem comentários:

Enviar um comentário