sexta-feira, 12 de junho de 2015




Presidente do Municipio Tagir Carimo



Observatório de desenvolvimento de Pemba – Cabo Delgado, Moçambique
Dez razões indiscutíveis, para visitar Pemba
A terceira maior Baía do Mundo uma das grandes maravilhas por descobrir

Texto: Estacios Valoi
12/06/15

Pemba é de uma beleza natural indescritível, praias magníficas de águas cristalinas e calmas, carregadas de espécies marinhas de beleza mundialmente reconhecida desenvolvendo-se num habitat coralífero, também inigualável onde a matéria orgânica resultante de defecarem a céu aberto foi totalmente banida.

A animação cultural reúne a gastronomia e a tradição num prato único, servido em qualquer restaurante ou unidade hoteleira da zona, perfeitamente monitorizada e divulgada junto dos operadores turísticos.

Animação nocturna, com discotecas e bares que privilegiam não só a cultura moderna vigente em qualquer destino turístico do mundo, mas também a componente cultural moçambicana em geral e local em particular, como atractivo especial e exclusivo para visitantes de todas as idades.

A Baia, carrega consigo uma grande variedade de actividades turísticas organizadas que vão desde os safaris fotográficos da fauna selvagem, às de snorkeling, mergulho, pesca desportiva e camping nas zonas mais fantásticas reservadas para o efeito e legalmente protegidas.

Unidades hoteleiras de qualidade e para todas as bolsas, onde as comodidades mínimas requeridas pela actividade turística, tais como o fornecimento de água potável e energia eléctrica, estão asseguradas.

Policia Camararia em dias de ressaca
Facilidade de deslocação assegurada pelos transportes públicos de baixo custo (chapas) ou em viaturas de Rent-a-Car de custo muito acessível, e em que o turista ou visitante não corre qualquer risco de ser parado quatro, cinco, seis vezes num percurso de cinco quilómetros dentro da zona urbana, a pretexto de ajudas para combustível ou para refresco de arrefecimento dos elementos da patrulha, pois isso já está incluído no valor do aluguer, sendo da responsabilidade da empresa locadora garantir esses pagamentos tal como acontece com qualquer outro residente habitual.

Atendimento de grande qualidade à chegada ao aeroporto, onde o turista é recebido como alguém que vem voluntariamente contribuir para a economia local, em afirmação solidária para com um povo que procura um lugar nos destinos turísticos mundiais, deixando para segundo plano a sua vontade de gozar umas boas férias num paraíso distante rodeado das necessárias e justas comodidades.

Fácil acesso aos necessários vistos de visitante, apesar da obrigatoriedade de um convite de um residente ou de prévia reserva assegurada em unidade hoteleira, termos de responsabilidade e fundo de maneio para a estadia, coisas exigíveis em qualquer destino turístico do mundo e apesar também, das dificuldades reconhecidas aos departamentos encarregados para o efeito (consulados).
Grande facilidade de escolha de companhia aérea para viajar, com ligações a qualquer parte do mundo e sobretudo a outros destinos turísticos, tornando o destino Pemba mais competitivo e uma opção muito mais agradável.

Bela mas deserta
Destino nacional e/ou internacional por via aérea razoavelmente económico e atractivo já que comparado com outros destinos a partir da Europa para as américas do Norte, Central e do Sul, da Africa do Sul só ficam de fora os custos de estadia, o que não tem realmente expressão significativa. Só a título de exemplo, viaja-se de qualquer ponto da Europa para o Brasil por 7 dias em regime de meia pensão ou até de pensão completa por um custo total quase idêntico ao de uma viagem de avião de Lisboa/Pemba/Lisboa.

Pemba é de facto um local magnífico e uma atracção turística em potência. Assim deveria ser olhado pelos responsáveis e por todos aqueles que sentem no seu íntimo o desejo que as razões aqui apontadas para visitar Pemba fossem verdadeiras, e não uma plataforma irónica para descrever as “10 razões indiscutíveis para não visitar Pemba”.
 




















Sem comentários:

Enviar um comentário